Consumo excessivo pode causar de inflamações no intestino à depressão

mai-tian-850318_1280Você sabia que o glúten é uma proteína que encontramos em cereais como o trigo, centeio, cevada e aveia? Ou seja, ele está em boa parte do que comemos no dia a dia, como pães, biscoitos, massas e pizza. E é justamente o glúten que dá liga às massas.

O problema é que, se consumido em excesso, ele se acumula e pode virar uma espécie de cola no intestino, impedindo que nutrientes muito importantes para o nosso corpo sejam bem absorvidos. E é por isso que ele é perigoso, inclusive para quem não tem doenças celíacas ou mesmo intolerâncias leves. Resumindo, ele é um vilão pra todos nós.

Vários estudos comprovam a relação entre inúmeros problemas como doenças inflamatórias intestinais, enxaqueca, bronquite, sinusite e muitas outras, e o consumo da proteína.

Além disso, quem tem uma dieta muito rica em glúten pode sofrer com a redução da produção de serotonina, responsável por regular o humor, o sono, a disposição, o apetite. Em casos extremos, pode até levar à depressão.

É por isso que o Portal do Bem inicia hoje a Semana do Glúten. Aqui no portal e na nossa página do Facebook, vamos disponibilizar uma série de conteúdos sobre o assunto.

Pra começar, um bate-papo no melhor estilo “direto ao ponto”. Você sabe quais são os ingredientes mais saudáveis para substituir o glúten nas suas receita? O pesquisador e engenheiro de alimentos Flavio Passos conversou com o Leo e a Timi, da Belle Verte, sobre os ingredientes sem glúten que eles usam nas suas receitas.

Fazer uma versão mais saudável dos nossos pães, massas e bolos preferidos não é uma tarefa lá muito fácil. O desafio é escolher uma receita que equilibre bom valor nutricional, fonte saudável de energia e sabor. E conseguir fazê-la!

A partir de agora, uma coisa é certa: você está mais próximo disso.

Clique aqui, assista e aprenda a usar esses ingredientes.

Comentários

Comentários