Não há mais tempo para oráculos. Não há mais espaço para julgamentos, certo e errado. Já passou da hora do entendimento que tudo é perfeito no equilíbrio homeostático do universo. Agredido, explorado, violentado, sempre escolheu e atraiu isto de alguma forma. O ego de vocês ainda não deixa aceitar isso por completo. Afinal, como ele irá se vitimizar daqui pra frente e obter auto-importância de fardos desnecessários carregados a partir deste conceito? Seria necessário reinventar-se por completo e isso poderia ser muito trabalhoso. É verdade.

A outra opção é continuar consultando oráculos e tentar controlar o processo, baseados no medo e na escassez. A humanidade ainda tem problemas graças a estas questões. É uma opção permanecer nelas. Mas vocês têm tudo que precisam, tudo mesmo, para mudar.

Sendo assim, não existe mais Karma também. O amor pode tudo, muda tudo. Este é um novo tempo em que, sempre em que o amor for o propósito, sempre que não houver medo de faltar, as coisas acontecem se isso for a escolha de todos os envolvidos. A força do querer e do amor, move todo o campo. Quem estiver no mesmo movimento, converge. Quem não estiver, repele, tomam rumos diferentes.

Reformule-se! Nos âmbitos pessoal e profissional.

Alinhe-se com este novo tempo.

Receba! Não peça mais. Apenas receba!

Deseje, encha seu coração de amor por você, por seus sonhos, por todos os envolvidos e por tudo que seus sonhos podem fazer pelo todo! Ame o outro como a si mesmo a fim de que possa respeitar seu direito de escolha e as escolhas feitas. As escolhas do outro a cada minuto e as suas no passado e em vidas passadas.

Se não há Karma, nem juiz, por que ainda sentir culpa?

É uma escolha. Ninguém está lhe julgando. É lixo opcional. É só tirar da sua bagagem se quiser, simples assim. Decidir não se julgar mais, nem se culpar, apenas ser com o coração cheio de amor, com sentimentos genuínos. E, quando perceber que o sentimento não foi bom, não lhe fez bem, então substitua. Apenas isso.

Não fugir mais da verdade de que mudar é uma decisão. Ser feliz é uma decisão. Ser próspero é uma decisão. Ser amado é uma decisão.

As decisões antigas lhe garantem permanecer exatamente onde está.

Mensagem canalizada em 25/02/2013 as 10h por Adriana Mangabeira.
Autor não identificado.
adriana@ser-quantico.com

Comentários

Comentários