Por Auriel dos Anjos

Tanta coisa parece ter evoluído ou será que é apenas ilusão?

A tecnologia às vezes nos surpreende, nos ajuda, faz ser mais rápido e é até eficiente, mas e a humanidade, será que virou máquina?

Nossos sentimentos viraram computadores racionais e nada mais? Onde colocamos nossa solidariedade, compaixão, amor e respeito?

Mulheres estão indo pra rua pedir pelo direito de escolha e estão sendo criticadas por isso. Políticos acham mais digno falar sobre lei seca, movimento imigratório para o Brasil do que violência contra mulher em uma redação que avalia a próxima geração sociopolítica. É preciso separar homens de mulheres em transportes públicos para evitar que elas sejam assediadas e até mesmo estupradas. As mulheres precisam ter cuidado com que vestem, pois o seu decote ou saia curta podem incentivar o desejo de um homem e a obrigá-lo a violentá-la. Isso não me parece evolução, afinal na idade média tínhamos alguns questionamentos bem parecidos.

A violência contra a mulher, religião e política se confundido e o poder na mão de quem tem mais desmerecendo quem tem menos. Isso parece evolução? Viramos seres vivos com problemas de existência. Criamos uma sociedade baseada no ódio, do domínio e no poder. E mesmo que já tenhamos provas suficientes em nossa história que isso não dá certo, continuamos a repetir. Continuamos a separar por sexo os direitos que deveriam ser de todos os humanos. Todos os seres humanos nasceram de um ventre que gera homens e mulheres sem preconceito, ele dá a chance de viver ambos os sexos e se a fonte geradora da vida não seleciona por sexo, deveríamos aprender com ela e não a sujeitá-la às nossas leis.

“A opressão nunca conseguiu suprimir nas pessoas o desejo de viver em liberdade.” Dalai Lama

 

Comentários

Comentários